quarta-feira, 2 de julho de 2008

Vida metropolitana

Matar alguém se necessário para conseguir emprego
Estacionar bicicleta no local mais seguro possível
Trazer tudo dentro da bolsa,pois a casa é longe do centro e tem que tá prevenido(a)
Rir até hoje da primeira vez que se perdeu
Óuvir barulho de carro e buzina da janela de casa 24 horas por dia
Pegar ônibus para ir e vir
Ou gastar (muita) gasolina para ir e vir
Lidar com violência
E mesmo assim estar feliz por não morar em um lugar que não acontece nada.

9 comentários:

wneyn disse...

Gi seu Banner ja foi colocado no <Xexelas
Depois da uma olhada coloquei uma postagem sobre a parceria.
fui.

Psicodellicuss Girl disse...

Nossa....
Gostei mto do post e de todo o seu blog.

Passa lá no meu tbm e vê se gosta!
Bjus!!!

UNDERGROUND disse...

Não me vejo em outro lugar...

uahahahuahha

=D

Felithy disse...

Hum, gostei do seu blog

e de seu texto, bem interessante a forma de vc se expressar,essa forma literaria

abraço

wneyn disse...

Gi, tem um meme la no Xexelas, depois da uma olhada.
Fui. gostei muito da Vida Metropolitana.

Bella... disse...

tb amo cidade grande. mas tenho curiosidade de saber como é viver em cidades pequenas onde todo mundo conhece todo mundo, e toma conta da vida de todo mundo...rsr

Lidi disse...

Hehehe... Bom, como não vivo numa metrópole, não sei mto bem como é isso. Entretanto, não vejo como ser infelicidade viver num lugar onde não acontece nada. Na verdade, acontece sim e há vantagens, inúmeras. Pra ir trabalhar, caminhando não levo nem 10 min. Tdo é pertinho, tdo é limpo, tdo é seguro. Há festas, tenho amigos, tem bares, restaurantes, etc.
Engraçado como hj em dia o calmo não atrai as pessoas, msa tdo bem...
Um abraço, seu blog é ótimo!

Gui Vivian disse...

Que tri! Parece aqueles "poemas no ônibus". Só que um dos bons!

Guilherme Katarina disse...

muito massa
parabens pelo blog :D